"Com todo o cuidado guarda teu coração, pois dele procede a vida" (Pv. 4, 23)

14 de jan de 2014

Segue o teu destino (Ricardo Reis/Fernando Pessoa)


http://www.gavinhammond.com/


Segue o teu destino,
Rega as tuas plantas,
Ama as tuas rosas.
O resto é a sombra
De árvores alheias.

A realidade
Sempre é mais ou menos
Do que nós queremos.
Só nós somos sempre
Iguais a nós-próprios.

Suave é viver só.
Grande e nobre é sempre
Viver simplesmente.
Deixa a dor nas aras
Como ex-voto aos deuses.

Vê de longe a vida.
Nunca a interrogues.
Ela nada pode
Dizer-te. A resposta
Está além dos deuses.

Mas serenamente
Imita o Olimpo
No teu coração.
Os deuses são deuses
Porque não se pensam.

Ricardo Reis








8 de jan de 2014

Mudança de foco (um texto de Caio Fernando Abreu)



“Aos poucos a gente vai mudando o foco. 
E o lugar nem te acrescenta mais, você começa a precisar de outros lugares. 
E de outras pessoas. 
E de bebidas mais fortes. 
Nem pensa. 
Vai indo junto com as coisas. 
E eu só preciso de alguns abraços queridos, 
a companhia suave, bate-papos que me façam sorrir, 
algum nível de embriaguez e a sincronicidade.
Tenho a impressão que a vida, as coisas foram me levando. 
Levando em frente, levando embora, levando aos trancos, de qualquer jeito. 
Sem se importarem se eu não queria mais ir. 
Agora olho em volta e não tenho certeza se gostaria mesmo de estar aqui.
E se me perguntarem como estou, eis a resposta: 
Estou indo. 
Sem muita bagagem. 
Pesos desnecessários causam sempre dores desnecessárias. 
Esvaziei a mala, olhei no fundo dela, limpei, e estou indo ... 
preenche-la com coisas novas. 
Sensações novas, situações novas, pessoas novas. 
Tudo novo ! 

Caio Fernando Abreu
(como não encontrei o título desse texto, tomei a liberdade de imaginar um...)


Imagem: "Maleta" - Carla Broekhuizen
Texto:   Caio Fernando Abreu